Trecho da BR-316 rompe em Zé Doca

A inspetor da PRF, Antônio Noberto, informou que o rompimento da rodovia prejudica o trânsito na região, mas não isola cidades. Há formas de acessar as cidades por outros caminhos.

Segundo ele, ainda tem o acesso por Pinheiro para quem vem de Belém do Pará e vai para São Luís. Após passar por Maracaçumé, é possível entrar pelo antigo encruzo, onde é Governador Nunes Freire, e ir por Santa Helena. Depois vai passar em Pinheiro e, logo em seguida, pode pegar para Viana, Vitória do Mearim e Miranda do Norte para entrar na BR-135.

“Já quem se desloca entre São Luís e Belém pode fazê-lo entrando em Vitória do Mearim sentido Viana, Pinheiro, Santa Helena, saindo na BR 316 na cidade de Governador Nunes Freire (antigo Encruzo), ou poderá ainda faze-lo pelo Ferry Boat, saindo de São Luís até o porto do Cujupe, onde desembarca e segue por rodovia estadual passando por Pinheiro, Santa Helena, saindo em Governador Nunes Freire”, completou Noberto.

Ainda não há previsão de quando a pista será restaurada. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) informou que a empresa responsável pela manutenção desse trecho da rodovia já foi acionada para verificar a situação e tomar as providências necessárias ao restabelecimento do tráfego.

Veja o vídeo

Fonte: Gilberto Lima

Categoria: Maranhão, Policial