Blog Fuxico do Sertão - Notícias de Pastos Bons e Região

Polícia Civil Prende Pai Acusado de Abusar da Própria Filha de Apenas 12 Anos em Aguiarnópolis

Segundo consta nos autos, o facínora aproveitou que a mãe da criança e também sua esposa teve que se ausentar da cidade para uma consulta e partiu para o ataque contra a própria filha de apenas 12 anos de idade.

Imagem do Site www.tocnoticias.com.brAgentes da Polícia Civil de Aguiarnópolis prenderam nesta ultima quarta-feira (23), Isael da Silva Oliveira de 31 anos pelo crime de Estupro de Vulnerável, incluso no Artigo 217 A, Caput do CPB.

A prisão só foi possível porque a mãe da menor, ao ficar sabendo, tomou logo a atitude de procurar a delegacia de polícia local contando o que a filha havia lhe confidenciado, e diante das informações a polícia civil iniciou com o procedimento solicitando ao Juiz de Direito Helder Carvalho Lisboa, a prisão de Isael, pedido este que foi acatado pelo meritíssimo que decretou a prisão preventiva do suposto autor até que termine as investigações do caso.

Em sua justificativa para decretar a prisão do acusado, Dr. Helder citou que “Há sério risco do representado em liberdade, voltar a perpetrar infrações contra a vítima, já que o crime se deu no âmbito da unidade familiar”. Escreveu o magistrado.

Imagem do Site www.tocnoticias.com.brContinuando o juiz lembrou ainda que o acusado é o pai da vítima: “Trata-se de pessoa com gerência sob a vítima,  uma vez que é o genitor da vítima”. Citou Helder  que no final relatou o seguinte para decretar a prisão: “Segundo consta nos autos de inquérito policial, o representado, em tese, praticou estupro de vulnerável em desfavor da adolescente de 12 anos de idade, conforme depoimentos e interrogatório do representando. Quanto a hipotese de admissibilidade, percebo que é imprescindível a custódia preventiva, uma vez que o crime que lhe é imputado é punido com pena máxima superior a 04 anos. Desta feita, mostra-se cabível a custódia cautelar do acusado para a garantia da ordem pública e por conveniência da instrução criminal, ante a primordial necessidade da integridade física e psicológica da vítima”. Finalizou o Juiz de direito.

A prisão foi cumprida nesta quarta-feira (23), e além dos agentes da polícia civil de Aguiarnópolis, contou com a participação do Delegado Regional Tiago Daniel de Moraes que após a diligência concedeu uma entrevista contando detalhes sobre o caso. (Assista no vídeo abaixo)

O acusado também respondeu há algumas perguntas feitas por nosso repórter, e em sua defesa alegou que não havia estuprado, que pra ele foi apenas um assédio. “Rapaz pelo que estão acusando aí, o fato não foi acontecido não, no meu ponto de vista, estão dizendo que foi estupro e eu não estuprei ninguém. No meu ponto de vista foi um tipo de assédio”. Disse o pai como se isso fosse a coisa mais normal do mundo.

Imagem do Site www.tocnoticias.com.br“No meu ponto de vista o estupro é você pegar e fazer algo mais sério, e eu não fiz nada de mais”.Justificou o meliante.

Ao ser perguntado sobre o que a vítima era sua o mesmo ficou calado por alguns instantes, respirou fundo e não quis comentar. Indagado se o mesmo havia bebido ou usado algum tipo de drogas o perverso pai respondeu: “Não, nunca bebi, não fumo graças a Deus”. Quando lhe foi perguntado os motivos por ter feito isso o acusado disse que “não tinha explicação”, mais confirmou que teve o assédio contra a menor. (Assista no vídeo abaixo)https://youtu.be/8Za219gmtFE

 

FONTE:http://www.tocnoticias.com.br/mobile_ler_noticia.php?idnoticia=24404

Categoria: Policial