POLÍCIA CIVIL CAPTURA INDIVÍDUO ACUSADO DE CRIME BÁRBARO DE ASSASSINATO

A Polícia Civil do Estado do Pará, através da Delegacia de Homicídios da cidade de Altamira, após intenso contato entre a equipe da Delegacia de Polícia Civil de Buriti Bravo-MA, realizou a prisão do nacional Antônio da Cruz Primo, por força de mandado de prisão preventiva requerido pela autoridade policial da cidade maranhense.

A representação pela prisão de Antônio Primo aconteceu depois de intensa investigação do homicídio de João Marcos Morais de Oliveira, fato ocorrido no dia 06 de Julho de 2017, sendo que o corpo foi encontrado dois dias após, em uma cova rasa, na zona rural de Buriti Bravo, sendo partes do corpo comida por animais.

O corpo estava esquartejado e apresentava sinais de tortura. O inquérito já tinha sido encaminhado à justiça com a autoria de Antônio da Cruz Primo. À época dos fato ocorreram várias manifestações públicas na cidade solicitando uma resposta das autoridades em relação ao caso, bem como pedidos de combate à violência.

Antonio da Cruz Primo foi localizado na cidade de Altamira-PA, pois a Polícia Civil do Maranhão, mesmo após a conclusão do IP, realizava diligências no sentido de localizar o autor, como forma de apresentar uma resposta mais efetiva à sociedade buritibravense.

Reais