Blog Fuxico do Sertão - Notícias de Pastos Bons e Região

Piloto do Rally dos Sertões morre em São Luís após sofrer acidente em Barreirinhas

Tinoco Maciel sofreu acidente no final da prova nos Lençóis Maranhenses

O Rally dos Sertões teve, nesta segunda-feira (09), uma grande baixa. A equipe Honda confirmou o falecimento do piloto Tunico Maciel, natural de Lavras (MG). Ele se acidentou durante a última etapa da prova, que saiu do interior de São Paulo e terminou em Barreirinhas, nos Lençóis Maranhenses.

O piloto buscava a liderança depois de garantir o título do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, que acontecia paralelamente. Com 26, Tunico era um dos maiores nomes da modalidade e corria atrás do terceiro título do maior rally das Américas.

Ele ainda chegou a ser levado ao UDI Hospital em São Luís, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu nesta segunda-feira.

“Além de exemplo de pessoa, em função do carisma e de seu caráter, Tunico era um piloto extremamente habilidoso e dedicado. Ele estava na equipe Honda Racing desde 2015, na qual conquistou dois títulos no Sertões e o recente bicampeonato brasileiro de Rally Cross Country. A equipe Honda Racing segue à disposição dos familiares, oferecendo a assistência necessária. A comunidade do motociclismo está em luto. Ao Tunico Maciel, o nosso muito obrigado. Você é o nosso eterno campeão”, informou a equipe.

O Rally dos Sertões divulgou uma homenagem ao piloto:

Tunico Maciel deixa um legado de alto astral e energia positiva

Um dia antes de largar para a conquista do bicampeonato do Sertões, em 2019, Tunico Maciel estava carregando caixas junto com seus companheiros da equipe Honda, brincando com quem passava. Essa era uma das marcas registradas do Bicampeão. O mesmo homem de risada solta, com sotaque mineiro clássico, ajudava a montar a estrutura da equipe antes do prólogo e depois subia numa moto para pilotar como se fosse um anjo.

Tunico era uma usina de energia positiva. Espalhava alto astral por onde passava.

A vitória na geral de motos do ano passado foi imperial. Eloquente demonstração de técnica e habilidade em cima de uma moto.

Tunico faleceu na manhã desta segunda feira, 09/11/2020, conforme nota à imprensa divulgada hoje pelo hospital.

Natural de Lavras (MG), nascido em 17/02/1994, Antonio Luiz Maciel Filho, ou Tunico Maciel como era conhecido, foi um dos jovens pilotos da nova geração do Rally Cross Country e do Enduro de Regularidade. Integrante da equipe Honda Racing há 5 anos, conquistou dois títulos no Rally dos Sertões em 2018 e 2019, além do bicampeonato brasileiro de Rally Cross Country.

A nova geração de campeões do Sertões tem duas marcas registradas: a simpatia e habilidade de pilotar em alto desempenho. Esse é justamente o legado de Tunico. Ele foi o primeiro dessa nova geração. Abriu caminhos. Ensinou “a molecada” a vencer. O seu legado reflete a sua marca registrada: Ser o mais rápido de todos e também o cara mais gente fina do planeta.

(Com informações de O Tempo e Rally dos Sertões e foto divulgação)

Categoria: Maranhão