Blog Fuxico do Sertão - Notícias de Pastos Bons e Região

Daniella Tema faz ato de repúdio ao feminicídio no Maranhão

_Assecom/Dep. Daniella Tema_

Nessa segunda-feira (09) a deputada estadual Daniella Tema (DEM) promoveu um ato de repúdio contra o feminicídio no Maranhão. O evento, que foi realizado na praça Deodoro, em São Luís, reuniu populares e representantes de órgãos públicos que atuam na defesa e acolhimento da mulher vítima de violência. Dentre as autoridades estavam as delegadas Kazumi Tanaka e Wanda Moura, a deputada estadual e Procuradora da Mulher na Assembleia Legislativa, Helena Duailibe (SD), e a assistente social Silvia Leite.

Durante o ato, cruzes foram fixadas na escadaria da biblioteca Benedito Leite. Cada cruz levava o nome de uma vítima fatal da violência contra a mulher, considerando todos os registros deste ano até agora. Sandálias, também, foram usadas para evidenciar a figura feminina e sensibilizar as pessoas sobre a causa.

Para a deputada Daniella Tema, que coordena a Frente Parlamentar de Combate e Erradicação do Feminicídio na Alema, a manifestação pública teve como principal objetivo chamar a atenção para a barbaridade desses crimes de origem passional que têm ceifado a vida de dezenas de maranhenses.

“Nosso ato é pra promover a discussão desse assunto tão delicado que é a violência doméstica contra as mulheres. A sociedade precisa falar do feminicídio, precisa ter informações para saber como enfrentar esse problema, originado por companheiros ou ex-companheiros que não aceitam o fim dos relacionamentos. A mulher não pode ser vista como propriedade de ninguém. Enquanto esse pensamento existir, mais famílias estarão chorando suas perdas. Não podemos esquecer que não são números, são vidas. São mães, filhas, irmãs perdendo a vida frequentemente e a gente precisa dar respostas para isso, precisamos agir de acordo com a justiça. Hoje, graças a Deus, o Maranhão conta com instituições policiais que têm feito um trabalho magnífico contra este tipo de crime e, cada vez mais, ganha força e ajuda muitas mulheres que vivem sob a violência. Dessa forma, evitam que o pior aconteça”, destacou a parlamentar.

O evento chamou a atenção de quem passava pelo local e despertou a reflexão sobre os assassinatos de mulheres que só queriam amor e respeito, mas foram brutalmente mortas por quem deveria protegê-las.

No encerramento da ação, balões brancos foram soltos representando a paz e sinalizando a esperança de que o feminicídio pode, sim, ser combatido e evitado se as mulheres tiverem o suporte do poder público e a coragem para denunciar seus agressores.

Categoria: Maranhão