Blog Fuxico do Sertão - Notícias de Pastos Bons e Região

Gaeco deflagra operação e faz buscas na casa do prefeito Quirino Avelino

De acordo com o GAECO, o atual prefeito de Itaueira, Quirino Avelino, é suspeito de liderar organização criminosa que atua para fraudar licitações públicas e desviar dinheiro público.
O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – GAECO – do Ministério Público do Estado do Piauí, deflagrou nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (15) a Operação Perpetuatio, no município de em Itaueira, com o objetivo de cumprir 15 mandados de busca e apreensão, além de 3 mandados de prisão temporária contra alvos acusados de desvios de recursos públicos, lavagem de dinheiro e organização criminosa no âmbito da Prefeitura Municipal de Itaueira.

Prefeito Quirino Avelino – Foto: Marcelo Cardoso
De acordo com o GAECO, o atual prefeito de Itaueira, Quirino Avelino (PTB), é suspeito de liderar organização criminosa que atua para fraudar licitações públicas e desviar dinheiro público. A residência do gestor foi alvo de buscas.
As investigações giram em torno de três frentes: a primeira delas é referente à aquisição fraudulenta de uma ambulância para a Secretaria Municipal de Saúde; o segundo fato tem relação com construções e reformas de obras públicas, inclusive pavimentação de vias e o terceiro em decorrência da não prestação adequada e fraudes no serviço de transporte escolar.

Ainda de acordo com GAECO, o prefeito Quirino se utilizou de empresas de fachada e de servidores públicos para macular os processos licitatórios em questão.
O nome da Operação Perpetuatio faz referência à perpetuação do gestor à frente do município de Itaueira, utilizando práticas fraudulentas para auferir vantagens ilícitas à frente da gestão pública. Os alvos presos estão sendo encaminhados para o Presídio Vereda Grande, localizado em Floriano.

A operação conta com o auxílio da Polícia Civil, da Polícia Militar, do Tribunal de Contas do Estado do Piauí e da Polícia Rodoviária Federal para o cumprimento dos mandados de prisão e busca e apreensão.
Com informações do GP1

Empresária e influencer morre ao sofrer descarga elétrica em Teresina no Piauí – Blog Rony Uchôa

Kerollayne Oliveira, vítima de descarga elétrica em Teresina no Piauí (Segue a foto colagem Blog Rony Uchôa)
13/09/2020
Kerollayne Oliveira proprietária de restaurante na zona Norte de Teresina, morreu eletrocutada na noite de ontem (12/09).
Kerollayne Oliveira, de 25 anos, lavava seu estabelecimento comercial quando sofreu uma descarga elétrica.
Ela  ainda chegou a ser levada com vida ao hospital, mas após algumas paradas cardíacas, não resistiu e morreu ainda durante o sábado.
Por estar lavando o restaurante, ela estava molhada, mas ainda não há a confirmação de como sofreu a descarga elétrica.
Além de empreendedora, Kerollayne era voluntária há sete meses na ONG Mundo Colorido que ajuda famílias carentes no Piauí.
“Ela estava conosco há sete meses e participou ativamente de duas campanhas. Era sempre muito disposta. Tudo ela topava e o que ela podia fazer ela fazia.
Muito batalhadora e sempre alegre. Estava mais feliz esses dias porque na terça-feira uma equipe de TV do Rio de Janeiro vinha para cá conheceu nosso trabalho e a história de uma criança que tinha o sonho de beber água gelada. Vai fazer muita falta”, disse Amanda Paz, voluntária e uma das fundadoras da ONG Mundo Colorido.
Kerollayne Oliveira deixa o esposo e uma filha que completou um ano de idade na semana passada.
O velório da empresária acontece na casa da sogra também na zona Norte de Teresina. Pelas redes sociais, amigos lamentaram a perda de Kerollayne que compartilhou seus últimos momentos no Instagram fazendo compras, escovando o cabelo e também indicando o contato de um médico que pretendia levar a filha.
Mas
Seguidores: “Gente me digam alguma coisa é verdade que a kerollayne morreu?”, escreveu uma. “Assustada com a fragilidade da vida. Kerollayne, que Deus te receba no céu e dê o conforto aos que ficam”, escreveu outra. “😭😭😭😭 Fiz o ensaio da Aurora agora dia 29, meu Deus 💔💔💔💔 uma pessoa cheia de alegria e vida, felicidades ao extremo, um amor sem medida pela filha… Aí meu Jesus!!! 😭😭😭😭”, desabafou um outro conhecido.
Veja as ultimas postagens de Kerollayne em sua rede social
Outros internautas aproveitaram o momento para prestar homenagens a empreendedora. “Que Deus te receba de braços abertos,Vá com Deus! Que Deus ajude os familiares”, comentou uma seguidora. “Muito triste, sempre nos recebeu e acolheu de braços abertos. Que o Senhor Jesus te receba e conforte o coração de toda sua família”, publicou outro seguidor.
Kerollayne Oliveira (Segue a foto colagem Blog Rony Uchôa)
“O blog, deixa aqui os nossos sinceros pêsames a família e amigos enlutados.  Que Deus conforte os corações de todos”.
Blog e Canal Rony Uchôa

PF cumpre mandados na FMS para investigar fraude na compra de testes para a Covid-19

A Polícia Federal cumpre na manhã desta quarta-feira (2) dez mandados de busca e apreensão na sede da Fundação Municipal de Saúde (FMS) e em distribuidoras de material de proteção individual de Teresina. A operação batizada de “Caligo” faz parte da fase ostensiva da investigação.

A investigação apura fraudes em contratos emergenciais entre a Fundação Municipal de Saúde (FMS) e duas empresas fornecedoras de EPIs, kit de testes IGG/IGM, insumos e equipamentos hospitalares para enfrentamento à pandemia causada pela Covid-19.

A PF fez busca e apreensão nas empresas Distrimed, na avenida Odilon Araújo, bairro Piçarra, zona Sul de Teresina, e na Fermaq, na avenida Miguel Rosa.

Foto: Gorete Santos/ TV Cidade Verde

Distribuidoras alvo dos mandados ficam nas Avenidas Miguel Rosa e Odilon Araújo, ambos na zona Sul de Teresina

A investigação da PF aponta que foram empenhados cerca de R$ 17.427 milhões, de março a julho deste ano, para a compra do material, valor que teria sido superfaturado em 419%. A PF estima que o lucro bruto obtido seja de aproximadamente R$ 4.500 milhões valor suficiente para a construção de um hospital completo de campanha.

As ordens judiciais cumpridas têm o intuito de aprofundar as investigações acerca de irregularidade dos processos de dispensa de licitação, além de obter informações quanto ao recebimento dos produtos negociados entre as empresas e a FMS. A operação envolve a participação de 50 policiais federais e sete auditores da Controladoria Geral da União. Os mandados foram expedidos pela 3ª Vara da Justiça Federal no Piauí.

Caligo é um termo extraído do latim e significa névoa. A escolha do nome da operação deu-se em referência à ausência de publicidade de contratos,empenhos,pagamentos investigados nos portais de transparência.

O Cidadeverde.com entrou em contato, por telefone, com as duas empresas envolvidas na operação. Na Distrimed, as ligações não foram atendidas e na Fermaq, uma pessoa que não quis se identificar, informou que no momento não tinha como esclarecer os fatos e que depois eles iriam se manifestar.

Atualizada às 8h50

Dois mil testes rápidos

O superintendente da CGU (Controladoria Geral da União), Glauco Soares, informou ao Cidadeverde.com que no levantamento da instituição a Fundação Municipal de Saúde efetuou pagamentos de R$ 19 milhões de abril a agosto para as duas empresas de distribuição de material para a saúde.

Glauco Soares disse que a investigação será esclarecida na coletiva – às 9h – junto com a Polícia Federal, mas adiantou ao portal que sobre os testes rápidos estão sob investigação a compra de 2 mil testes rápidos, além de material como álcool em gel e oximetro ( aparelho que mede o nível de saturação de oxigênio ou os níveis de oxigênio no sangue).

A delegada da PF, que presidente o inquérito é Milena Caland.

Aguarde mais informações

Informações cidade Verde

Produtores estão há 20 anos recuperando rodovia por conta própria no Sul do Piauí

A estrada precisa de reparos todos os anos por conta das chuvas, contudo, os recursos para viabilizar essas obras estão saindo do bolso dos próprios agricultores.

Produtores de grãos do cerrado piauiense, mais especificamente da região de Baixa Grande do Ribeiro, a quase 600km de Teresina, enfrentam um dilema há pelo menos 20 anos: um trecho da PI-392, estrada de terra que liga as cidades de Baixa Grande do Ribeiro, Ribeiro Gonçalves, Bom Jesus e Uruçuí, precisa de reparos todos os anos por conta das chuvas que a deixam intrafegáveis.

No entanto, os recursos para viabilizar essas obras de reparação estão saindo do bolso dos próprios agricultores.

Foto: Ascom

A estrada que liga as cidades de Baixa Grande do Ribeiro, Ribeiro Gonçalves, Bom Jesus e Uruçuí, precisa de reparos todos os anos por conta das chuvas, contudo, os recursos para viabilizar essas obras estão saindo do bolso dos próprios agricultores.

O trecho de 16 km, que todos os anos se transforma em um grande gargalo para o produtor agrícola, é uma obra já licitada há pelo menos sete anos, contudo, a pavimentação ainda não se concretizou. Assim, a estruturação tem que ser realizada pelos produtores, para garantir o transporte da super safra de soja, milho e algodão do Piauí.

Produção de grãos no sul do Piauí – Foto: Ascom

Em 2020, o trabalho de recuperação do trecho já foi feito, como relata o produtor Karl Milla, que atua no Piauí há quase 20 anos. “A gente chegou no Piauí em 2001, estamos aqui há 19 anos, investindo no sul do Piauí. O transporte da safra é feito por uma estrada que passa por Baixa Grande do Ribeiro, e é uma estrada que há uns oito anos foi licitada para ser asfaltada e até agora não saiu nada. Todo ano a gente faz a estrada por conta própria, a gente junta as máquinas que cada um tem e arruma como dá, mas quando chove, a estrada é muito utilizada e esse serviço acaba sendo jogado fora, todo ano você tem que refazer para deixar ela minimamente transitável”, informou.

Karl Milla conta que os produtores da região já procuraram os órgãos competentes para sanar o problema. “Através de alguns órgãos de representação a gente já tentou contato, o empreiteiro que ganhou a licitação já se instalou lá, mas ainda não foram liberados recursos para iniciar a obra, estamos com bastante receio que não saia de novo, é difícil ter uma resposta clara de políticos”, destacou.

O produtor argumenta que a falta de infraestrutura em estradas gera impactos diretos no preço do produto final que chega na mesa do consumidor. “Claro que a gente perde também, mas esse alimento vai chegar mais caro na mesa dos brasileiros, vai chegar com mais dificuldade nas cidades, vai se perder no caminho, porque é caminhão que tomba, que estraga, esse custo que eu e todo mundo tem. Um investimento em infraestrutura no Brasil não é para ajudar o agricultor, uma empresa, isso é essencial para o desenvolvimento do país”, enfatizou.

“Custo Brasil”

Segundo Karl Milla, os prejuízos causados por essa precarização fazem parte do chamado “Custo Brasil”, que seria o dinheiro que deixa de entrar na economia de uma região pela falta de infraestrutura. “A gente vai pagar mais caro pelos produtos que vai receber, porque o frete sai muito mais caro. Vamos receber menos pelo produto que a gente produz, soja, milho arroz, para abastecer todo o Nordeste, o produto acaba saindo com mais dificuldade, se perdendo no caminho. Esse custo entra nos milhões de reais de todo ano, porque é um valor que fica embutido dentro daquilo que a gente chama de Custo Brasil, que é um dinheiro que deixa de entrar na região, deixa de entrar como imposto no estado”, explica.

“Não vamos parar de produzir”

Por fim, o produtor ressaltou que a produção de grãos na região não vai parar, contudo, ele lamentou as dificuldades que permanecem atrapalhando o peno desenvolvimento do setor no Sul do Piauí.

“A gente não vai parar de produzir porque não tem a estrada, a gente vai continuar produzindo, o que acontece é que é uma pena que um país onde se faz uma licitação, onde se tem Lei de Responsabilidade Fiscal, as coisas não são levadas a sério, o dinheiro é jogado fora de um jeito absurdo” concluiu.

Com informações do GP1

Vereadora de Bertolínia morre ao bater com a cabeça durante atividade física

A vereadora de Bertolínia, Arlete Pereira, de 40 anos, morreu na manhã dessa terça-feira (04/08) após sofrer um acidente enquanto fazia atividade física.

Ela ainda foi encaminhada rapidamente para o Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, mas não resistiu. A vítima teria sofrido aneurisma cerebral ao bater com a cabeça.
Arlete foi eleita vereadora em 2016 pelo PSD, conquistando 190 votos no município. Ela atuava também como professora do Ensino Fundamental e era bastante querida na cidade.
Em nota, a Câmara Municipal de Bertolínia manifestou “o mais profundo pesar” pela morte da parlamentar.
“As pessoas são os sentimentos que carregam, sua generosidade, delicadeza, amizade, alegria… serão para sempre guardadas em nossos corações. A Câmara compartilha este momento de dor com a família e com a sociedade, que muitos anos, pode contar com os trabalhos da vereadora o Poder Legislativo bertoliniense”, diz trecho.
Francinaldo Publicidades

Grávida e bebê morrem vítimas da Covid-19 em maternidade de Teresina

Uma mulher identificada como Jade Nascimento, de 28 anos, morreu nesse domingo (2) vítima da Covid-19, em Teresina.

Uma mulher identificada como Jade Nascimento, de 28 anos, morreu nesse domingo (2) vítima da Covid-19, em Teresina. De acordo com a direção da Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER), ela estava internada na instituição havia dois meses. Esse foi o terceiro óbito de uma gestante registrado desde o início da pandemia no estado.

Uma mulher identificada como Jade Nascimento, de 28 anos, morreu nesse domingo (2) vítima da Covid-19, em Teresina. De acordo com a direção da Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER), ela estava internada na instituição havia dois meses. Esse foi o terceiro óbito de uma gestante registrado desde o início da pandemia no estado.

Via Fala Piauí

Fachada de loja desaba no centro de Floriano

O desabamento da fachada de uma loja de acessórios de celulares assustou trabalhadores na manhã desta terça-feira (28), em Floriano. O caso foi registrado em um prédio localizado na  Avenida Getúlio Vargas, no Centro da cidade.

Segundo informações, haviam pessoas próximas ao local. Por pouco, ninguém ficou ferido. No momento do desabamento havia um veículo e motocicletas próximo do local do acidente.
Fonte: Florianonews

PF na casa do governador do Piauí

A Polícia Federal está neste momento na residência do governador do Piauí, o petista Wellington Dias. Trata-se da terceira fase da Operação Topique, que investiga crimes de organização criminosa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro e fraude em licitação na Secretaria de Educação do Estado.

Estão sendo cumpridos 12 mandados de busca e apreensão em Teresina e em Brasília, por ordem da Justiça Federal no Piauí com apoio Controladoria-Geral da União e do Ministério Público Federal.

Como O Antagonista mostrou no ano passado, pelo menos R$ 50 milhões foram desviados por empresários e agentes públicos, que teriam atuado em conluio para fraudar licitações e contratos de transporte escolar, entre 2015 e 2016. Os recursos desviados são do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica) e do PNATE (Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar).

De acordo com a PF, mesmo após duas fases ostensivas da operação, o Governo do Estado do Piauí mantém contratos ativos com as empresas participantes do esquema criminoso que totalizam o valor de R$ 96,5 milhões de reais, celebrados entre os anos de 2019 e 2020.

Os recursos públicos desviados, quantificados em relatórios de auditoria da CGU, foram obtidos a partir de pagamentos superfaturados em contratos de transporte escolar. As empresas beneficiadas, destinatárias de pagamentos em volume cada vez maior a partir de 2015, formavam uma espécie de consórcio simulando concorrência em licitações e, com participação de servidores públicos, se beneficiavam de contratos fraudulentos.

Segundo a imprensa local, há indícios de que as mesmas empresas já atuam em fraudes licitatórias em dezenas de municípios do Piauí desde 2008, lucrando com a subcontratação parcial ou integral dos serviços, que de fato são prestados por terceirizados, em condições de total insegurança para os alunos da rede pública de ensino.

As análises apontam que o modelo criminoso foi utilizado para contratos de locação de veículos por outras secretarias e órgãos do Governo do Estado do Piauí e por dezenas de municípios do interior.

Do Antagonista

Encontrado o corpo da jovem Lanny em Barão de Grajaú

Momentos após a matéria informando a ação do Corpo de Bombeiros nas buscas ao corpo da Jaislany dos Santos Melo, a Lanny, nossa reportagem recebeu a informação de que a equipe teria encontrado na localidade Sobradinho, zona rural da cidade de Barão de Grajaú. Com o objetivo de confirmar a veracidade do fato, nos deslocamos até a Delegacia de Polícia daquela cidade, onde encontramo o Delegado Firmino Vilarinho de saída para o local do achado do cadáver. Numa rápida entrevista ao jc24horas, o titular da Polícia Civil disse que foi informado através da Polícia Militar que o corpo foi encontrado. “Estamos saindo em diligência até o local para levantarmos mais informações e levando a requisição do exame cadavérico”. Disse o Delegado Firmino.

WhatsApp Image 2020 07 21 at 11.15.11Delegado Firmino Vilarinho. (Imagem:Temístocles Filho/jc24horas)
O Boletim de Ocorrência já foi registrado, inquérito policial já foi instaurado a ida ao local é para saber as circunstâncias de como tudo aconteceu.

PRF apreende droga avaliada em mais de R$ 150 mil em Floriano

Os policiais receberam uma denúncia anônima através do número de emergência 191 e realizaram abordagem em um ônibus. Dois homens de 53 e 37 anos foram presos e um adolescente de 16 anos apreendido.

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu na noite desta quinta-feira (16), em Floriano, 151kg de substância análoga a maconha dentro de um ônibus que fazia linha de São Paulo a Teresina.

Os policiais receberam uma denúncia anônima através do número de emergência 191 e realizaram a abordagem ao ônibus. Durante a fiscalização, o motorista, o proprietário do ônibus de anos e seu filho de 16 anos apresentaram informações inconsistentes e contraditórias acerca da viagem, além de um certo nervosismo. Ao proceder a revista minuciosa, no compartimento de bagagens e próximo ao motor, os policiais localizaram vários tabletes de maconha avaliados em R$ 151 mil e que estavam escondidos em um fundo falso em caixas de papelão.

Um dos acusados confessou que pegou a droga em São Paulo e que levaria até o conjunto Dirceu, em Teresina, e receberia R$ 6.000,00 pelo serviço, porém não informou pra quem entregaria. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão em flagrante aos homens e ao adolescente e foram apresentados, juntamente com a droga, à Delegacia de Polícia Civil na cidade de Floriano/PI.

Os homens poderão responder pelo crime de Tráfico de Drogas previsto no artigo 33 da Lei 11.343/2006 e o adolescente poderá responder por ato infracional análogo ao Tráfico de Drogas, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Via Cidade luz