Blog Fuxico do Sertão - Notícias de Pastos Bons e Região

Assessor relata como candidato a prefeito de Parauapebas foi baleado na zona rural

Assessor relata como candidato a prefeito de Parauapebas foi baleado na zona rural

Durante a noite da última quarta-feira (14), as redes sociais de Parauapebas e região ficaram bastante agitadas com a notícia que chegou como uma bomba, dando conta que Júlio César, candidato a prefeito da “Capital do Minério” teria sido vítima de uma tentativa de homicídio.

Júlio César que concorre ao cargo majoritário de Parauapebas pelo Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), segundo informações obtidas pela equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar, estava em campanha na zona rural, nas proximidades da Vila Carimã.

As informações preliminares dão conta que Júlio César teria sido vítima de uma emboscada, onde foi surpreendido por homens armados que estariam em uma camionete e atiraram contra ele, o atingindo na região do peito.

Assessor relata como candidato a prefeito de Parauapebas foi baleado na zona rural

O candidato a prefeito que é apoiado pelo vice-presidente do Brasil Mourão e outros líderes ligados ao presidente Bolsonaro foi encaminhado com vida para o hospital.

Policiais da Vigésima Seccional de Polícia Civil de Parauapebas abriram inquérito para que o crime seja investigado e posteriormente os responsáveis sejam presos e fiquem à disposição da Justiça. Por enquanto a polícia não se pronunciou se existe uma linha de investigação sobre o crime.

Usando as redes sociais, o prefeito de Parauapebas Darci Lermen lamentou o fato e afirmou que recebeu com muita tristeza a notícia do baleamento de Júlio César, desejou melhoras e afirmou que acionou a Secretaria de Segurança Pública do Pará para que o caso seja esclarecido urgentemente. “Parauapebas não comunga com a violência e com a covardia, a justiça irá prevalecer”, relatou.

A equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar conversou com um assessor de Júlio César que estava dentro do veículo que o candidato estava no momento do ataque. “Fomos fazer uma reunião, fazer panfletagem e entregar santinhos, quando estávamos voltando, saindo da Vila Carimã, nos deparamos com um carro atravessado na pista e eles já receberam a gente com tiros, desviamos, caímos num barranco e continuamos seguindo e os elementos atirando. Mas na frente o Júlio César reclamou de dores, foi quando ligamos a luz do carro e observamos que ele foi baleado, daí os encaminhamos para o hospital, onde ele está internado e fora de perigo”, relatou.

Pelas redes sociais, a assessoria de Júlio César afirmou que ele foi vítima de uma tentativa de homicídio, relatou que está internado em um hospital particular de Parauapebas e que em breve a situação clínica será atualizada.

Via Portal Pebas

Categoria: Policial