Blog Fuxico do Sertão - Notícias de Pastos Bons e Região

Assassinato de Ivanildo Paiva completa cinco meses

O falecimento do prefeito Ivanildo Paiva, foi um dos fatos mais revoltantes da história do município desde sua emancipação, a capacidade intelectual e a habilidade política e administrativa do prefeito, são marcas deixadas para sempre na mente, no coração e em cada canto da cidade por onde o desenvolvimento passou. O bom caráter do líder político, Ivanildo, ainda é motivo de luto em Davinópolis, tendo em vista que as ações executadas pelo prefeito são as únicas existentes na cidade.

Nas redes sociais, é comum ver declarações que expressam a saudade e a revolta da população com o fato do vice-prefeito Rubem Firmo (PcdoB) ter sido o mandante do crime. “Ivanildo foi um dos prefeitos que mais botou obras na cidade, morava aqui e sempre que a gente precisava era fácil de encontrar, o que a gente não aceita é ver que o assassino comunista, ainda insiste em dizer que é inocente”, disse Francisco Neto, morador da vila santa lúcia.

Caso: José Rubem Firmo (PCdoB) mandante do assassinato do prefeito da cidade, teria sido motivado por ambição financeira e política. Contratou mais 7 pessoas para execução da ação que culminou na morte do então prefeito. Investigações ainda apontam a premeditação macabra da mente de Rubem Firmo, que se considerava inimigo de Paiva.

Ivanildo Paiva que sempre foi definido como o grande líder da cidade, sempre seguiu uma linha de coerência e honestidade, trabalhando em favor dos menos favorecidos e dando oportunidade de trabalho para quem realmente tinha compromisso com Davinópolis. Cidadão pai, filho, avô e acima de tudo temente a Deus, criou, educou e mudou a história de uma cidade inteira com sua força, disposição e sensatez.

Aos 05 meses de sua morte, deixamos a mensagem seguinte, como confirmação de tudo que a cidade tem vivido… “O ritmo da vida desta cidade está diferente. O vento mais parece que navega e à deriva de quem sente sua falta. Passaram cinco meses que você se foi e nada por aqui mudou; a tristeza continua, a saudade também.

Acho que este sentimento irá permanecer nos corações de quem sempre amou você. O luto tem sido feito, e algo nos diz que será para toda vida. É como se sua morte nos retirasse a vitalidade”.